Saturday, May 18, 2024
HomeUncategorizedPassageiro salta de avião em movimento com um cachorro em Nova York

Passageiro salta de avião em movimento com um cachorro em Nova York

>

Passageiro salta de avião em movimento com um cachorro em Nova York

Por Redação |  25/12/2020 | 12:15

Divulgação

Dois passageiros e um cachorro saltaram de um voo da Delta segundos antes da decolagem no aeroporto LaGuardia, em Nova York. Um dos passageiros, disse que sentiu que precisava sair ou perderia o controle. A informação foi dada às autoridades durante uma audiência.

O trio estava a bordo de um voo com destino a Atlanta quando o homem abriu uma porta da cabine e ativou o slide (o escorregador de evacuação de emergência) para sair do avião pouco antes da decolagem.

Antonio Murdock, 31 anos, e Brianna Greco, 23, da Flórida, enfrentam acusações de invasão criminosa em terceiro grau, de acordo com Lenis Valens, porta-voz da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey. Murdock também foi acusado de dano criminoso e risco de perigo em segundo grau, disse Valens.

Durante a acusação de Murdock no Tribunal Criminal da Cidade de Nova York no Queens, uma comissária de bordo que estava no avião durante o incidente contou que primeiro viu um passageiro e uma passageira caminhando pelo avião, quando o aviso de cintos afivelados já estava acionado.

Murdock então supostamente empurrou a comissária e abriu uma porta marcada como “saída de emergência”, o que fez com que o escorregador se abrisse e inflasse. O homem então pegou seu cachorro e saiu usando o escorregador, de acordo com o comunicado.

A passageira, identificada como Greco seguiu Murdock pelo escorregador.Os três então saíram do avião para a pista de taxiamento. Posteriormente, as autoridades prendeu Greco e Murdock em uma área restrita da pista.

A comissária informou às autoridades que não havia nenhuma situação no avião que obrigasse Murdock a abrir a porta de emergência. Jubril Oladiran, advogado de Murdock, preferiu não dar declarações.

Casey Johnson, um residente de Manhattan que voava para encontrar a família em Panama City Beach, Flórida, disse à CNN que trocou de lugar com o casal e seu cachorro no portão de embarque.Johnson disse que o casal era agradável e não demonstrou nada fora do comum durante a conversa. Ele chamou o homem, que seria Murdock segundo as autoridades, de alguém de “fala mansa”.

O avião estava quase cheio, exceto pelos assentos do meio deixados vazios de acordo com a política para Covid-19 da Delta. Mas, segundo Johnson, minutos depois, no entanto, o casal avançou novamente várias fileiras. “Na hora, eu pensei, ‘bom, vocês acabaram de me pedir para trocar de fileira com vocês porque queriam ficar atrás e, de repente, decidiram que queriam ficar na frente’”, contou.

Johnson, que usava fones de ouvido enquanto o avião taxiava até a pista, percebeu logo em seguida um alvoroço.

“De repente, eu olhei para frente enquanto o avião se mexia vi um monte de gente de pé e quatro pessoas correndo em direção à frente do avião. Acho que, nesse ponto, deviam ser passageiros que estavam correndo para tentar interromper o cara”, contou o passageiro, observando que não testemunhou a dupla e o cachorro quando eles pularam do avião, mas viu que a saída de emergência na frente do avião, perto da cabine, estava aberta.

Johnson ainda afirmou que o piloto avisou a todos na cabine que a saída de emergência foi ativada. O avião ficou parado na pista por quase uma hora.

Depois que Murdock e Greco saíram do avião, a aeronave retornou ao portão e os passageiros desembarcaram, como relatou o porta-voz da Delta, Morgan Durrant. A companhia aérea acomodou os passageiros (exceto o casal) em voos alternativos.

“Os técnicos de manutenção avaliaram a aeronave e ela está programada para retornar ao serviço esta noite”, disse Durrant, ressaltando também que a Delta não faria mais comentários.

Murdock deve retornar ao tribunal em 9 de fevereiro, e Greco deve comparecer ao tribunal em 21 de março, disse o gabinete do procurador do distrito de Queens.

Valens, porta-voz da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey, disse que o cachorro que acompanhava os dois foi levado a um abrigo de animais no Brooklyn. Um recibo para resgate do cão foi entregue a Greco. Em um comunicado, a Federal Aviation Administration confirmou o incidente e as prisões e encaminhou perguntas adicionais à Delta e às autoridades locais.

Veja também:


Comentários


Deixe uma resposta





RELATED ARTICLES

Most Popular

Array
(
    [0] => https://antenacritica.com.br/files/ebc.png
    [1] => https://antenacritica.com.br/files/ebc.png
    [2] => https://antenacritica.com.br/files/ebc.gif
    [3] => https://antenacritica.com.br/files/ebc.gif
    [4] => https://antenacritica.com.br/files/wp-content/uploads/2020/07/enem-300x200.jpg
)
Array
(
    [0] => https://antenacritica.com.br/files/8prxtp0/728x90.jpg
    [1] => https://antenacritica.com.br/files/8prxtp0/728x90.jpg
    [2] => https://antenacritica.com.br/files/8prxtp0/728x90.jpg
)

Recent Comments